» ACESSO RÁPIDO




» SERVIÇOS



DICAS


PASSO A PASSO PARA A REGULARIZAÇÃO DO VEÍCULO BLINDADO:

O cliente deverá verificar se a empresa que realizará o serviço de blindagem é certificada no Exército, ou seja, se possui o Certificado de Registro (CR);

Será solicitada ao Exército uma autorização para blindar o veículo especificado pela empresa contratada, de acordo com a regulamentação da Portaria 013 – Dlog, de 19 de agosto de 2002;

Depois da emissão da autorização, o cliente se dirigirá a uma Instituição Técnica Licenciada (ITL), empresa privada credenciada pelo Inmetro e licenciada pelo DENATRAN, onde o veículo sofrerá uma Inspeção para observar os itens ligados à segurança veicular. A listagem das ITL pode ser encontrada no site do Inmetro (www.inmetro.gov.br);

Para concluir o processo de regularização, o interessado deverá ir a um Posto de Vistoria Veicular.



PRIMEIRO EMPLACAMENTO (SERVIÇO: PRIMEIRA LICENÇA)

Documentação necessária
Original e cópia do documento de identificação;
Original e cópia do CPF;
Original e cópia do comprovante de residência (documento com menos de seis meses de emissão e recebido através dos correios);
Duda de Primeira Licença no código 001-9 pago no Banco ITAÚ por meio de Guia para Regularização de Débitos (GRD);
Duda de Alteração de Características no código 002-7 pago no Banco ITAÚ por meio de GRD;
Original do Certificado de Segurança Veicular (CSV);
Cópia da autorização do Exército, conforme a Resolução CONTRAN nº 292/2008, para blindagens realizadas após 22.08.2002;
Nota fiscal do serviço de blindagem do Departamento Logístico do Exército se o procedimento foi realizado antes de agosto de 2002.
A informação “VEÍCULO BLINDADO” deverá constar no campo das observações do CRV e do CRLV recebidos pelo cliente.


TRANSFERÊNCIA DE PROPRIEDADE

CASO 1
Quando há a informação “VEÍCULO BLINDADO” no campo das observações do CRV/CRLV:

Para executar a transferência de propriedade de um veículo blindado, há a necessidade do cliente, novo proprietário, apresentar a AUTORIZAÇÃO DA SECRETARIA DE SEGURANÇA PÚBLICA DO ESTADO, além de toda documentação para o serviço TRANSFERÊNCIA DE PROPRIEDADE.

CASO 2
Quando NÃO há a informação “VEÍCULO BLINDADO” no campo das observações do CRV/CRLV:

Deverá realizar o serviço ALTERAÇÃO DE CARACTERÍSTICAS juntamente com a TRANSFERÊNCIA DE PROPRIEDADE.

Documentação necessária
Original e cópia do documento de identificação;
Original e cópia do CPF;
Original e cópia do comprovante de residência (documento com menos de seis meses de emissão e recebido através dos Correios);
Duda de Alteração de Características no código 002-7 pago no Banco ITAÚ por meio de GRD;
Duda de Transferência de Propriedade no código 014-0 pago no Banco ITAÚ por meio de GRD;
Original do Certificado de Segurança Veicular;
Cópia da autorização do Exército, conforme a Resolução CONTRAN nº 292/2008, para blindagens realizadas após a publicação da Portaria 013 – Dlog, de 19 de agosto de 2002, ou seja, 22.08.2002;
Cópia da autorização do Exército, conforme a Resolução CONTRAN nº 292/2008, para blindagens realizadas após 22.08.2002;
Nota fiscal do serviço de blindagem do Departamento Logístico do Exército se o procedimento foi realizado antes de agosto de 2002.
A informação “VEÍCULO BLINDADO” deverá constar no campo das observações do CRV e do CRLV recebidos pelo cliente.